Arquivos mensais novembro 2017

Uma foto da Maria Ribeiro, por favor?

Quero um porta retrato com a foto da Maria Ribeiro na minha mesinha de cabeceira. Não tenho certeza se porta retrato tem hífen. Mas tenho certeza da foto da Maria.

Na minha mesinha de cabeceira tem um anjinho, o Superman, o livro que estou lendo (ou os vários) e um porta retrato do Marcos. Acredito que caiba ainda a foto da Maria.

Imagino logo minha irmã perguntando “Conhece ela? É sua parente? É sua amiga? Já viu ela pessoalmente? Pra que você teria um porta retrato dessa moça?”

Sim. Sim. Sim. Não. A última respondo depois.

Conheci Maria pelo Saia Justa. E aquela linda mulher de sorriso e cabelos fartos me conquistou. Não pela fartura acima, mas pela fartura de afinidades. Aquela boa-quase-sem-esperança visão do mundo. Aquele humor fratura exposta...

Ler mais

“Bullying com depressivo? Isso é coisa da sua cabeça!”

Contar que você já teve ou tem depressão é como ser ex presidiário. É como se você assinasse um atestado de incapacidade para o resto da vida. É como se alguém tivesse tatuado uma piroca no seu rosto sem você saber. Todo mundo te olha diferente. 

Nunca vi ninguém falando sobre isso. Sobre ter depressão, ansiedade? Já. Tem gente até que ganha dinheiro só falando sobre isso. Mas sobre sofrer bullying por ter depressão, nunca li algo sobre. “Ah, bullying sobre depressão não existe, isso é invenção da sua cabeça”. Viu? 

Quando você “sai do armário” dos psicotrópicos e decide contar pra todo mundo que, ao invés de só usar a bandeira do arco íris, você também usa a bandeira da tarja preta, tudo muda. O jeito das pessoas ao lidar com você muda...

Ler mais